Logo Baru Observatório

Vídeo: 'safari' no Delta do Parnaíba tem encontro com macacos, jacarés e outros animais; passeios variam de R$ 80 a R$ 900

O passeio turístico entre as ilhas do Delta do Parnaíba começa percorrendo os estreitos corredores de igarapés. O clima é fresco, a sensação de estar dentro da mata, mas o silêncio é cortado pelos animais selvagens.

G1 Goiás

09 de julho de 2023

Compartilhe nas redes sociais

O g1 Piauí e o programa Vim Te Mostrar nas Férias embarcaram juntos numa viagem para desvendar o Delta do Parnaíba. A região fica entre os estados do Piauí e Maranhão, na foz do Rio Parnaíba que se abre em mais de 70 ilhas até o encontro com o Oceano Atlântico.

A viagem começa percorrendo os estreitos corredores de igarapés. Em todos os lados o que se vê são centenas de ilhas de manguezais preservados. O clima é fresco, a sensação de estar dentro da mata.

Mas não há silêncio. Logo se ouve ao longe um grito ritmado, um assovio, e em outro ponto, uma resposta. São os macacos prego que correm pelos galhos e raízes aéreas dos mangues.

O nosso guia e piloto nessa expedição, Ciel Araújo, imita o assovio dos macacos para chamá-los. Nascido e criado na região do Delta, ele conhece bem o comportamento da fauna, e explica que os macacos vêm até a margem em busca de caranguejos vermelhinhos, que caçam e comem.

Os caranguejos são os mesmos que mudam a cor das penas dos pássaros guarás. São menores e bem diferentes da espécie que se encontra nos restaurantes da região, o ussá. Esses são pegos pelos catadores de caranguejo a mais de 200 metros longe da água.

LEIA TAMBÉM:

Entre os manguezais, também encontramos jacarés descansando sob a lama, à sombra dos manguezais. “Há quem pense que eles tomam banho de sol, mas a verdade é que eles dormem, e a maré baixa enquanto isso”, explicou o guia, Ciel.

O passeio segue entre as ilhas, que a cada minuto vão ficando mais afastadas umas das outras. É que nos aproximamos do Rio Parnaíba. Na larga correnteza do Velho Monge (como é conhecido o rio) vemos aqui e ali a pescaria do pato mergulhão.

Os passeios no Delta do Parnaíba acontecem diariamente em dois turnos: pela manhã e durante a tarde. Os passeios coletivos, nos barcos maiores, custam R$ 80 por pessoa.

Há opções passeios particulares, em lanchas, que podem durar um turno e custam em média R$ 500, e passeios durante o dia inteiro, com valores na casa dos R$ 900. As rotas dos passeios particulares podem ser decididas diretamente com os pilotos.

📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí
📲 Acompanhe o g1 Piauí no Facebook, no Instagram e no Twitter
📲 Participe da comunidade do g1 Piauí no Whatsapp e no Telegram

© 2024 Baru Observatório - Alguns direitos reservados. Desenvolvido por baraus.dev.