Logo Baru Observatório

Recicladores transformam lixo em riqueza, garantem o sustento da família e preservam o meio ambiente

Mas além dos catadores, o planeta, que está 'agonizando' com os lixões a céu aberto, plástico nos oceanos e poluição extrema, também depende da reciclagem para sobreviver.

G1 Goiás

17 de julho de 2023

Compartilhe nas redes sociais

Você sabia que o seu lixo tem valor? E não é pouco, É ele que garante o sustento de muita famílias, inclusive no estado do Rio de Janeiro. Muitas de catadores aproveitam os resíduos que a maioria das pessoas descarta.

Mas o mais importante é que não são apenas os catadores que dependem da reciclagem para sobreviver, mas o planeta, que está “agonizando” com os lixões a céu aberto, plástico nos oceanos e poluição extrema.

Mas muita gente não dá a devida importância ao trabalho dos catadores. “A importância desse trabalho hoje na preservação do meio ambiente não tem preço. Por que? Para cada tonelada de papelão reciclado eu poupo 20 árvores. Talvez o nosso trabalho do catador é o que mais preserva árvores do que muita gente pensa em preservar a Amazônia. Essa Amazônia da selva de pedra quem cuida somos nós catadores, nós que trabalhamos com a reciclagem”, garante o reciclador Edson Freitas.

A reciclagem ainda ajuda no sustento de famílias inteira. “Eu perdi o emprego, e aí a gente precisava colocar o alimento dentro de casa. Se não fosse a reciclagem, eu acho que não ia ter um sustento adequado pra gente”, explica O João Tavares.

Há alguns anos, os catadores do Rio, como a família do João, ganharam incentivo para continuarem se dedicando à profissão. A Plastic Bank, uma empresa canadense, dá uma bonificação aos trabalhadores de 49 pontos de coleta do Rio, um deles é o Nasa.

O benefício pago pela Plastic Bank funciona assim: o catador ele vai ganhar 30% a mais em cima do quilo que levou para o centro de reciclagem.

E é possível fazer parte dessa cadeia de transformação como agentes facilitadores. O cidadão consciente pode e deve colaborar com isso. Quando não quiser, separe e doe para um catador. Se quiser, dá a destinação adequada. Juntos é possível vencer essa situação e dar a destinação correta à riqueza que vem do que chamamos de lixo.

© 2024 Baru Observatório - Alguns direitos reservados. Desenvolvido por baraus.dev.