Logo Baru Observatório

‘Jardineiro do Cerrado’: lobo-guará espalha sementes pelo bioma através das fezes

Canídeo mais alto do mundo, lobo-guará é o único remanescente da sua já extinta linhagem.

G1 Goiás

31 de agosto de 2023

Compartilhe nas redes sociais

O Brasil tem um importantíssimo representante na família dos canídeos: o lobo-guará. O animal desempenha um papel importante no Cerrado - é um ótimo jardineiro e ajuda na "plantação" de uma fruta chamada Lobeira, através das fezes.

A fruta possui propriedades medicinais e ajuda a afastar parasitas dos rins, e lobo-guará faz a sua parte: ele se alimenta das frutas e, depois, as sementes da Lobeira saem nas fezes do animal. É o verdadeiro “jardineiro do Cerrado”.

O lobo-guará é um dos mais diferentes bichos desta espécie, e guarda características que o tornam cada vez mais único, não só dentre os lobos e raposas, mas em todo o Cerrado.

O animal é considerado o canídeo mais alto do planeta. Ele mede um metro de altura até os ombros – é considerado uma “raposa com pernas de pau”.

O canídeo brasileiro, no entanto, não é raposa. E, por incrível que pareça, nem lobo. Geneticamente, ele integra uma linhagem extinta, na qual é o único remanescente.

O Globo Repórter desta sexta-feira (25) mostrou o mundo dos cães selvagens, exibindo várias espécies de lobos, raposas e chacais.

Veja a íntegra do programa:

Confira as últimas reportagens do Globo Repórter:

© 2024 Baru Observatório - Alguns direitos reservados. Desenvolvido por baraus.dev.