Logo Baru Observatório

Águas Para o Futuro é “oportunidade para articular com outros países”, diz secretário do Meio Ambiente do Tocantins

Meio Ambiente

15 de setembro de 2023

Compartilhe nas redes sociais

Marcello Lelis apresentou plano estadual para redução de emissões de carbono durante painel realizado na manhã desta segunda-feira (11/09), em Rio Quente

“Uma oportunidade para articulação e cooperação”, é como o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Tocantins (Semarh), Marcello Lelis, define o Seminário Internacional Águas Para o Futuro, realizado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad) e Unesco. Lelis participou do painel “O cerrado, o clima e as águas sob perspectiva dos Estados”, realizado na manhã desta segunda-feira (11/09), segundo dia de programação do seminário.

Durante sua participação no painel, o secretário do Meio Ambiente do Tocantins apresentou o plano estadual para neutralizar as emissões de carbono no Estado. “A secretária Andréa [Vulcanis] me fez o convite, e entendemos que era um bom momento para apresentar essa iniciativa pioneira no Estado do Tocantins”, afirmou Lelis. O nome do projeto é Programa Jurisdicional REDD+ do Tocantins.

O REDD+ é um incentivo desenvolvido no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) para recompensar financeiramente países em desenvolvimento por seus resultados de Redução de Emissões de gases de efeito estufa provenientes do Desmatamento e da Degradação florestal, considerando o papel da conservação de estoques de carbono florestal, manejo sustentável de florestas e aumento de estoques de carbono florestal.

Programação
A programação do Seminário Internacional Águas Para o Futuro segue a todo vapor. Nesta terça e quarta-feira (12/09 e 13/09), serão realizados mais painéis e oficinas direcionadas aos presentes.

Na terça, haverá os painéis “Municípios e as Águas”, “Apresentação dos sistemas de aquíferos transfronteiriços de cada país participante do programa Isarm Américas – Parte I”, Desenvolvimento sustentável: desafios e oportunidades com relação à água”, “Apresentação dos sistemas de aquíferos transfronteiriços de cada país participante do programa Isarm Américas - Parte II” e “Águas, políticas públicas e econômicas de impacto nacional e regional”. Além disso, será realizada a palestra magna, com Loryel Rocha, do Instituto Mukharajj Brasilan, sobre “Água, pessoas e natureza: da convergência primordial à distopia do mundo pós-moderno.

Na quarta-feira, serão realizados outros três painéis: “Novas perspectivas para as águas”, “Ações demonstrativas em territórios hídricos” e “Águas e gestão participativa”. O evento seguirá, posteriormente, com plenária de conclusão com resultados das relatórios das oficinas feitas ao longo da programação e, por fim, a apresentação do documento “Carta de Goiás: contribuições das Américas para as águas e o futuro do Brasil”.

Para saber mais, acesse aqui.

Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - Governo de Goiás

© 2024 Baru Observatório - Alguns direitos reservados. Desenvolvido por baraus.dev.