Logo Baru Observatório

Quilombolas usam técnicas centenárias de plantio que incluem observação da lua e roça de coivara

G1 foi até Eldorado (SP), no Vale do Ribeira, para conhecer modo de vida de comunidades que mantêm lições aprendidas com antepassados para cultivar os alimentos em meio à floresta.

G1 Goiás

26 de outubro de 2023

Compartilhe nas redes sociais

Há mais de 300 anos, gerações de quilombolas plantam alimentos em meio à floresta no Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. As lições aprendidas com os antepassados integram um sistema agrícola tradicional, que é considerado patrimônio imaterial brasileiro.

A equipe do g1 foi até Eldorado (SP) e visitou duas comunidades para conhecer como essas técnicas centenárias alimentam famílias e produzem mais biodiversidade. 

Os quilombos Pedro Cubas e Pedro Cubas de Cima, surgiram entre o ápice e a decadência da exploração do ouro. Foram os garimpeiros que trouxeram a mão de obra escravizada para trabalhar na região.

Quando o metal acabou, sobrou para os quilombolas a miséria. Além disso, as terras viraram cenários de conflitos com grileiros e fazendeiros.

Descendente do fundador do quilombo Pedro Cubas, Antônio Benedito Jorge afirma que foi preciso lutar para defender os territórios e seguir com as tradições dos ancestrais.

Diante da pobreza e dificuldade de acesso à cidade, Edvina da Silva que é representante da comunidade Pedro Cubas de Cima, foi levada aos 13 anos para São Paulo e retornou para a comunidade após a aposentadoria.

"A roça é vida, é a natureza dando tudo o que ela tem para nós", diz.

Agora, Edvina faz parte de um projeto que está unindo quilombolas e a periferia da capital, gerando renda e acesso à comida de qualidade.

Além disso, participa um projeto de reflorestamento de matas ciliares e áreas degradadas com Oziane Rosa Furquim.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO LINK: Gente do campo: série do g1 mostra quem faz o agro do Brasil | Agro de gente pra gente | G1 (globo.com)

 

 

 

 

 

 

© 2024 Baru Observatório - Alguns direitos reservados. Desenvolvido por baraus.dev.