Logo Baru Observatório

“O primeiro programa que coloquei em prática foi o Juntos pelo Araguaia”, afirma Caiado

Meio Ambiente

15 de setembro de 2023

Compartilhe nas redes sociais

Ao lado da secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Andréa Vulcanis, governador destaca esforços, desde início da primeira gestão, no sentido de implantar “o maior programa de recuperação de bacia hidrográfica do mundo”.  Durante participação, na noite de segunda-feira (11/09), Dia Nacional do Cerrado, no Seminário Internacional Águas para o Futuro, em Rio Quente, ele pontua que “protegemos esse Araguaia maravilhoso, que está presente no nosso hino”

“O primeiro programa que coloquei em prática foi exatamente o Juntos pelo Araguaia”, disse o governador Ronaldo Caiado durante participação, na noite de segunda-feira (11/09), Dia Nacional do Cerrado, durante o Seminário Internacional Águas para o Futuro. O evento reúne 22 países e Estados do Brasil, no município de Rio Quente. 

Ao lado da secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Andréa Vulcanis, Caiado destaca que o Juntos pelo Araguaia é o maior programa de recuperação de bacia hidrográfica do mundo. 

Caiado ressalta que o objetivo do programa é promover a recuperação de 10 mil hectares de áreas degradadas na bacia hidrográfica do Rio Araguaia, nos estados de Goiás e do Mato Grosso. 

“Me lembro bem, ainda na minha campanha para governador, eu passava pelo Araguaia, ao lado do hoje senador Wilder Morais, e nós dizíamos: não é possível assistirmos voçorocas, o processo de destruição da cabeceira do rio, que formavam ali um corte na terra quase 30, 40 metros de altura, e levavam todo aquele sedimento pra dentro do rio, milhões de toneladas de sedimento asfixiando a nascente”, cita o governador.  

“Iniciamos o governo, e começamos a fazer uma recuperação das nossas cabeceiras. Protegemos esse Araguaia maravilhoso, que está presente no nosso hino”, pontua Caiado. 

Durante o evento, o governador assinou o Pacto pela Governança da Água junto à Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). O documento permitirá que a gestão do recurso natural no estado possa receber cerca de R$ 7 milhões nos próximos cinco anos. 

O evento contou com as presenças, entre outras autoridades, do diretor regional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Ernesto Fernández Polcuch, governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, senador Wilder Morais, presidente do Instituto Espinhaço, Luiz Cláudio Oliveira, e prefeita de Rio Quente, Ana Paula Lima de Oliveira Machado.

O Seminário Internacional Águas para o Futuro é organizado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e entidades da iniciativa privada.

JPA
Lançado em 05 de junho de 2019, o Programa juntos pelo Araguaia tem como objetivo promover a recuperação de áreas degradadas e o reflorestamento no bioma cerrado. Visa contribuir para a melhoria da qualidade do rio, reabastecer os mananciais, preservar o meio ambiente e regenerar ecossistemas fragilizados. Além disso, tem por meta fornecer serviços ambientais, como a captura de carbono, e promover mudança cultural que resulte em práticas sustentáveis de ocupação do território.

Diretamente, o público-alvo do JPA engloba a população de 28 municípios dos estados de Goiás (16 localidades) e Mato Grosso (12), na Região Centro-Oeste do Brasil.

Na cooperação público-privada, o Governo do Estado de Goiás, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad-GO) e o Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema-MT) são os curadores técnicos e institucionais do Programa Juntos pelo Araguaia (JPA). Os investidores são as empresas Anglo American, Hypera Pharma, State Grid e Rumo Logística. A Pilar Gold Inc é agente de sustentabilidade.

A execução está a cargo do Instituto Espinhaço e STCP Engenharia de Projetos. A rede de sinergia engloba a Universidade Federal de Viçosa (UFV), responsável pelos estudos científicos do programa, Universidade Federal de Goiás (UFG), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Sistema Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg)/Senar/Ifag/Sindicato Rural. Em Goiás, as prefeituras municipais de Aragarças, Bom Jardim de Goiás, Baliza, Piranhas, Santa Rita do Araguaia e Mineiros são as apoiadoras locais.

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad) - Escritório Executivo do Programa Juntos pelo Araguaia

© 2024 Baru Observatório - Alguns direitos reservados. Desenvolvido por baraus.dev.