Logo Baru Observatório

Cerrativismo no sul do Piauí promove encontro entre 20 lideranças de povos e comunidades tradicionais

Durante os módulos, os cursistas desenvolveram atividades em suas comunidades, implementando pequenos projetos como construção de horta comunitária, aquisição de chocadeiras para produção de ovos na comunidade, resgate de atividades culturais, restauração de nascentes, e outros.

Baru Observatório

28 de fevereiro de 2024

Compartilhe nas redes sociais

Fonte: Instituto Sociedade, População e Natureza

Preocupado com a conservação do Cerrado no sul do Piauí, um grupo de 20 cursistas de povos e comunidades tradicionais se reuniu no curso “Cerrativismo: em defesa do Cerrado nos territórios do sul do Piauí” para o fortalecimento do ativismo no bioma. O encontro foi realizado em três módulos nos meses de abril, julho e outubro de 2023 na Escola Família Agrícola do Vale do Gurguéia (EFAVAG), município de Cristino Castro, Piauí.

Durante os módulos, os cursistas desenvolveram atividades em suas comunidades, implementando pequenos projetos como construção de horta comunitária, aquisição de chocadeiras para produção de ovos na comunidade, resgate de atividades culturais, restauração de nascentes, e outros. Cada um deles recebeu um recurso de R$1.000 para executar a iniciativa. Maria Derismar Pereira da Silva, quilombola da comunidade Parentina, no município de Barreiras do Piauí, por exemplo, construiu uma horta e passou a vender alimentos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

“Eu achei que não fosse conseguir fazer nada, mas resolvi tentar”, explica a cursista, que forneceu maxixe, cheiro verde e abobrinha ao PAA. Ela acrescenta ainda que foi uma “conquista muito grande” fazer esse trabalho em sua comunidade. “Eu sempre tive horta para meu próprio consumo mas com o apoio do Cerrativismo eu pude plantar para vender.”

Terena Castro, assessora técnica do ISPN que acompanhou a realização do curso, afirma que a iniciativa de Derismar é um  exemplo. “Mesmo com pouco recurso, o apoio externo pode potencializar a ação das comunidades”, comenta.

© 2024 Baru Observatório - Alguns direitos reservados. Desenvolvido por baraus.dev.